Gota de brabeza colhida no Museu do Cordel Olegário Fernandes, em Caruaru-PE.

Paulo Pereira é poeta, cantor, compositor e sapateiro.

https://www.youtube-nocookie.com/embed/GFVwXyFYN1E

“Vi o povo no lixão: no lixo catando lixo, disputando com os bichos um pedacinho de pão. Cadê os políticos, patrão, que no lixão eu não vejo, pra visitar o sertanejo e ver sua situação? Não vão lá porque são nobres, o político só visita os pobres na época da eleição… Na época da eleição, o povo é bem visitado: é um tal de abraçar, um tal de pegar na mão, come fubá com feijão, dá um beijo no moleque, às vezes até dá um cheque, mas não é de um milhão. Faz sua tapeação, dá tchauzinho e vai embora. Aí é chegada a  hora do eleitor comentar:   Ô Pedro, em quem tu vais votar? Ah, vou votar em Seu João, que é um homem nobre, que gosta muito dos pobres e vai melhorar meu sertão. No dia da eleição, junta os filhos e a mulher. O coitadinho vai a pé, sem dinheiro pra condução. Na cidade, vota em Seu João e sai feliz comentando, esperando a apuração.   Seu João foi premiado, nas urnas foi bem votado e ganhou a eleição. Entra no seu carrão, com toda sua família e viaja para Brasília, vai ganhar nota valente e equece daquela gente que tanto lhe deu a mão e só volta novamente na época da eleição.”

(Paulo Pereira)

Saiba mais sobre Paulo Pereira (reportagem da TV Jornal Caruaru)

http://www.youtube.com/watch?v=mh_Os8KgkLo

Anúncios

Gotas de brabeza: poeta Paulo Pereira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s