Eu só quero é ser feliz… Com garantia de direitos na favela onde eu nasci

 

13445723_10210249188376904_7604077468806439422_n

 

No próximo dia 18/06, Manguinhos, Mandelas, Amorim e favelas convidadas manifestarão sua sede por garantia de direitos e ações contra a violência através da música, da arte, da cultura e da política. Os trabalhadores das favelas querem ser os protagonistas de suas vidas e gritam contra todas as formas de silenciamento.

Convidamos todos os moradores e moradoras, apoiadores e apoiadoras de outros lugares da cidade também, para se divertirem, conhecerem coletivos locais e mostrarem a cidade que só haverá paz na favela com garantia de direitos para nossas crianças, jovens e familiares!

PROGRAMAÇÃO (sujeita à alteração):

14:30 – Concentração dos cortejos (Vila Turismo, Amorim, DESUP, Mandela II
15:30 – Início dos cortejos
16:00/17:00 – Encontro dos cortejos no palco central (embaixo da linha férrea, próximo à estação de trem Manguinhos)
17:30 – Abertura oficial
18:00 – Música na Calçada
18:20 – Fala dos Coletivos de Manguinhos
18:30 – Paródias com Norma Maria
18:50 – Fala dos coletivos de Manguinhos
19:00 – Samba com o grupo Tá no Brilho
19:20 – Fala dos coletivos de Manguinhos
19:30 – Coletivo Pac´Stão
20:00 – Encerramento

 

Há de cair o abismo invisível entre idosos e jovens…

Nilson Medeiros.jpg

Há de cair o abismo invisível entre idosos e jovens num país de “senhores e senhoras”, hábito herdados do tempo do cativeiro. Felizmente tem gente pensando e agindo para quebrar este estigma que corrói profunda e silenciosamente os relacionamentos humanos, principalmente em país tão segmentado como o Brasil, quebrando mesmo a fé e a alegria de muita gente. Precisamos evoluir ainda muitíssimo para alcançarmos uma humanidade menos lívida, porém mais lícita.

Ubirajara Rodrigues

Show do Juvenal – 47 anos depois

show do juvenal

A Agenda Cultural Mandela Vive abre a sua programação semanal nesta quinta-feira (26/11)

Para celebrar a memória das antigas manifestações artísticas e culturais do Complexo de Favelas de Manguinhos, o Ecomuseu de Manguinhos, com apoio da Coordenadoria de Cooperação Social da FIOCRUZ, e patrocínio da lei municipal de incentivo à cultura, realiza o Show do Juvenal – 47 anos depois, programação que inicia as atividades da Agenda Cultural Mandela Vive em novembro. A ação conta com a curadoria do Experimentalismo Brabo e com o apoio das mobilizadoras comunitárias Gagui Silva, Simone Quintella e Sirleia Aleixo.

O evento acontece na quinta-feira, dia 26 de novembro das 18h às 22h, na Praça do PAC MANGUINHOS, zona Norte do Rio de Janeiro. Artistas, moradores e amigos se encontrarão para relembrar a antiga atração cultural de Manguinhos. Trata-se de uma atividade festiva para comemorar o início de uma ação de parceria entre diversos atores culturais locais para o registro e a divulgação de histórias sobre os “velhos tempos” de Manguinhos. Haverá ainda a participação da Oficina Portinari, do grupo Música na Calçada, dos sambistas Virgílio Moreira e Leandro Partideiro, e das palhaças do Experimentalismo Brabo.

Importância histórica, cultural e social

Há algumas décadas atrás, a região de Manguinhos  era conhecida pela intensa movimentação artística e cultural, que atraía pessoas de toda a cidade.  Atualmente, porém, existe um estigma estigma de violência e abandono. O resgate da memória cultural local promove não apenas o conhecimento, mas começa a trabalhar a auto-estima dos moradores do território, considerando que na região, onde muitas vezes os residentes têm vergonha de falar onde moram (especialmente em situações de empregabilidade). Trabalhar pela desconstrução destes novos rótulos é necessário, bem como um maior investimento em políticas publicas de moradia, segurança e educação.

Ao longo dos anos as manifestações culturais locais foram se perdendo, tornando necessária a adoção de medidas para recuperar esta memória. Trata-se debater a identidade de Manguinhos, mostrando até mesmo para muitos moradores, que este local também possui histórias bonitas que merecem ser contadas e podem trazer inspiração para a construção de estratégias locais de enfrentamento às adversidades.

Organizado pelo artista Juvenal, o evento funcionava como um ponto de encontro da juventude, em um ambiente de arte, brincadeira, descontração e amizade. Tudo acontecia próximo à Associação de Moradores da Vila Turismo. a reunião de moradores e visitantes acontecia em torno de um animado show de calouros, que contava com cantores, imitadores e “curiosos”, que faziam a alegria da plateia quando não realizavam uma boa apresentação. Os melhores cantores ficavam sempre para o final, segundo contam os moradores que participavam da ação.

Serviço

Show do Juvenal – 47 anos depois

Data: 26/11 (quinta)

Horário: das 18h às 22h

Local:  Praça do PAC MANGUINHOS (na frente da Biblioteca Parque de Manguinhos)

Site: http://mandelavive.wordpress.com

Facebook: http://www.facebook.com/events/145832655773790/